Alegria - 1º Dia

Quantas vezes, tomamos a iniciativa de oferecer um presente, uma palavra ou um pequeno gesto a alguém sem esperar nada em troca? Infelizmente no nosso dia-a-dia poucas são as vezes que o fazemos... Acabamos sempre por esperar algo em troca, nem que seja o reconhecimento do gesto que fizemos.

Continue a leitura

Alegria - 2º Dia

O que faz a nossa vida ter sentido? Mais que isso, quem faz a nossa vida ter sentido? São questões que muitas vezes fazemos a nós próprios mas nem sempre obtemos as respostas, ou nem sequer sabemos como as obter.

Continue a leitura

Alegria - 3º Dia

A jornada da vida nem sempre é lisa e plana pois por vezes surgem obstáculos que nos fazem parar e reflectir... "Porquê a mim? Que mais me pode acontecer? Ainda mais?" são algumas das perguntas que nos fazemos a nós próprios nessas alturas.

Continue a leitura

Alegria - 4º Dia

Nos tempos de hoje o Homem, não olha a meios para atingir os seus fins, nem que para isso prejudique os amigos, a família e todos aqueles que estão à sua volta. Sabemos que esta não é a forma mais justa de a obter, ainda assim na hora H parece que nos esquecemos disso. A busca pelos momentos efémeros dessa "felicidade" torna-se por vezes cega...

Continue a leitura

Alegria - 5º Dia

Ao longo do caminho que seguimos, há momentos em que não somos capazes de retirar o prefixo "in" da palavra infelicidade. Tudo desaba sobre nós...

Continue a leitura

Alegria - 7º Dia

No meio das tribulações da vida, aprendemos a ser pacientes e a ter esperança no dia de amanhã. Esperança essa se resume a saber esperar pelo tempo de Deus, confiando-Lhe cada situação da vida.

Continue a leitura

Introdução

Tantas vezes procuramos a Alegria nas coisas fúteis e efémeras da vida que esses momentos de felicidade que vamos alcançando acabam por ser também eles fúteis e efémeros...

Quando nos apercebemos disso começamos a achar que a Alegria é algo que nunca alcançaremos plenamente, como se de uma condição divina se tratasse. A verdade é que ela está ali mesmo à nossa frente, em pequenos gestos, pequenas atitudes e pequenas situações.

Absorvidos pelas coisas do mundo, acabamos por nos deixar ir nesse ritmo e forma de ser da sociedade actual, dando demasiado valor às aparências, sentindo necessidade de ter e de ser o que por vezes é desnecessário, ou meramente impressionista.

Abrir os olhos do coração e perceber que no pouco que temos, na nossa essência, residem o essencial para ser feliz.

Neste plano de meditação tentaremos mostrar que é possível ser alegre, através da meditação, da oração e da comunhão com Deus. Para tal, realçaremos três pontos em que a verdadeira Alegria se manifesta em todo o seu esplendor. São eles:

  • Alegria na honestidade
  • Alegria na Fé
  • Alegria nas provações

Cristo Jovem - Pastoral Juvenil, comunicação e evangelização

Juventude que acredita!
Segue-nos em

LECT'YO