Terça-feira XXVII do Tempo Comum

Evangelho Lc. 10, 38-42

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas


Naquele tempo, Jesus entrou numa aldeia e uma mulher, de nome Marta, recebeu-O em sua casa. Tinha ela uma irmã, chamada Maria, a qual, sentada aos pés do Senhor, escutava a sua palavra. Marta, porém, andava atarefada com muitos serviços; e, aproximando-se, disse: «Senhor, não te preocupa que a minha irmã me deixe sozinha a servir? Diz-lhe, pois, que me venha ajudar.» O Senhor respondeu-lhe: «Marta, Marta, andas inquieta e perturbada com muitas coisas; mas uma só é necessária. Maria escolheu a melhor parte, que não lhe será tirada.» 

Palavra da salvação.


Lectio

Os exemplos de Marta e de Maria ajudam-nos a discernir sobre o que realmente importa. Na verdade, somos capazes de estar ocupados com tantas coisas que nos esquecemos de parar e de ouvir a Palavra de Deus. Só essa é verdadeiramente necessária: saber parar para escutar Deus que nos fala.

Meditatio

Tu sabes parar para te poderes encontrar com Deus sem pensar em preocupações?

Oratio

Chegou a altura de conversares com Deus, abre-lhe o coração e fala abertamente com Ele sobre aquilo que meditaste antes.

Contemplatio

Quando quiseres, termina este tempo de oração a partir da Sagrada Escritura, sabendo parar para apenas estar com Ele, sem mais preocupação: apenas entregares-te a um encontro com Deus.

Marcações: Lect'Yo

Imprimir Email

Cristo Jovem - Pastoral Juvenil, comunicação e evangelização

Juventude que acredita!
Segue-nos em

LECT'YO